sexta-feira, 29 de agosto de 2014

BUQUÊ DE POESIA - texto da Gracita, garimpado na Blogosfera

Buquê de poesia

Vou fazer uma poesia
Para  falar dos meus amores
Borboletas coloridas
Colibris esvoaçantes
Flores em profusão.

E com mil palavras lindas
Tocar o seu terno coração

Vou fazer uma poesia
Para falar da beleza das flores
que se misturam no meu  jardim
formando um arco multicolorido
 Um arco íris que não tem começo e nem fim

Com nuances diversas e difusas
 As azaleias, margaridas, manacás
Girassóis, rosas e jasmins
Se entrelaçam nas carícias

Formando um carrossel colorido
Para atrair as borboletas
Num buquê de carmim

Chegam de mansinho os colibris
Sobrevoam cada florzinha com suavidade
E deixam em cada pétala o seu beijo apaixonado

Vou usar este  singelo poema
Para te mandar um buquê de poesia
Neste aglomerado de diáfanas borboletas

E no lirismo destes versos
Falar do meu sincero sentimento
O amor...  que me une a você amigo!

Amigos de almas gêmeas
Conectados pelo amor do coração


Gracita

5 comentários:

  1. Maravilhosa poesia que garimpaste. Gracita sempre inspirada! bjs às duas,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida JAN
    Uma feliz busca e a imagem condizente com o poema lindíssimo...
    Bjm fraterno às duas

    ResponderExcluir
  3. Ternura lírica, floreada e sonora, enfeita poeticamente os dias.
    Parabéns à Gracita.
    Bela partilha, Jan.
    Bjkas às duas,
    Calu

    ResponderExcluir
  4. Poesia tudo de bom!
    Que dom maravilhoso de poetar...
    Borboletas e amor,numa comunhão linear... gostei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro as poesias da Gracita! Beleza de escolha! bjs,

    ResponderExcluir


Gostou ?????