sexta-feira, 15 de agosto de 2014

ATRÁS DE UM TECLADO - texto de Felisberto Junior - garimpado na Blogosfera

Atrás de um teclado

(...) se há vantagem a extrair deste feriado , foi o tempo que tive para mim, para cozinhar, para comer na frente do computador, para ver três jogos seguidos da «Copa do Mundo» com a mão enterrada num enorme balde de pipocas ...

Mas, e, sobretudo , sobrou tempo suficiente para pensar em tudo e de como a vida fica pesada quando estamos ansiosos com algo... 

E foi, no escuro do meu quarto, madrugada adentro, cansado, mas sem conseguir dormir, que me peguei pensando , seja ele quem for, em quem inventou essa de contar carneiros pulando cerca para dormir. 
E , pior, quando chegava no carneiro 21 , o dia do nosso primeiro encontro, eu começava a pensar em ti, na sua voz e não conseguia mais dormir... 

Sinto me mal assim , pois não imaginei que chegaria nesse ponto. 
Perdi o jeito e hoje está um tanto estranho. 
Bem não sei, mas acho que está. 
O fato é que tudo virou dúvida. 
Afundo num caminho incerto, teimando em pensar... 

Eu até poderia lhe escrever um texto bonito, poderia procurar as palavras certas e te convencer por um dia, como fiz. Por uma noite, como já fiz. Por um período em que brinco de poeta . 
O essencial é que eu não consiga te convencer de mais nada. 
E estou tentando. 

Agora é momento do novo entrar.
E eu espero que você se renove e tenha um novo.
Mais do que isso, além de pensar , não sei o que fazer... 

E com esta linha suave e simples , eu peço, peço para você, peço por você. 
Levanta! 
Assim como eu terei que fazer... 

2 comentários:

  1. Bela garimpada a tua e achaste esse lindo texto do Felisberto! beijos, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo texto que expressa muitas vezes o que sentimos, pois muitas vezes já fiquei no meu quarto no escuro pensando de madrugada. Bjos e um lindo domingo para você.

    ResponderExcluir


Gostou ?????