sexta-feira, 30 de maio de 2014

LIMÃO E LIMONADA - texto de Jan, inédito


LIMÃO E LIMONADA

          Eles chegam... alguns chegam repentinamente e outros chegam devagarinho... e eu fico feliz... muito feliz.
         Os visitantes são aquelas pessoas que passam algum tempo na minha casa, quebrando a rotina dos meus dias e acrescentando experiência à minha  vida... uma riquíssima experiência.
         Alguns trazem, na bagagem, uma limonada já pronta... geladinha... refrescante... são aqueles cuja presença me reabastece de energia, por si só... que me abraçam prazeirosamente e sem qualquer forma de hesitação... que procuram saber quais são as minhas necessidades físicas para suprí-las durante  o tempo em que estarão comigo, respeitando assim o meu limite individual.
Ao contrário, há aqueles que trazem na bagagem um limão... azedo... ácido... aquela fruta cujo sumo faz o olho arder, obrigando-nos a fazer rapidamente uma limonada, “com açúcar e  com afeto”... muito afeto e muito açúcar!!! Contudo, se faltar o limão, nosso relacionamento ficará muito água com açúcar.
Alguns visitantes me descansam e outros me cansam... mas todos... todos mesmo! movimentam e renovam periodicamente minha vida de ser humano.

          Mas, como em toda situação, não é só o meu lado que deve ser considerado...
          Eles chegam... alguns chegam com segurança e outros chegam hesitantes... já sabem que a anfitriã é PNE.
A impressão inicial é bastante desconfortável... mas não o sufuciente para que um limão seja atirado em minha direção como se fora um torpedo supersônico... talvez o visitante tenha que tomar um copo com água e açúcar...
         Assim como toda pessoa com deficiência, não sou inimigo... sou apenas diferente... por fora... e pode acontecer que eu seja a visitante.
         A “bagagem” de todos nós é igual podendo conter “limão” e/ou “limonada”.

Já que somos todos gente, podemos interagir assim como água, açúcar e limão, né?:-/

4 comentários:

  1. Jan:
    Tô aqui do outro lado, torcendo pra pertencer ao grupo da limonada adocicada e saborosa, rsrsrsrsr.
    Pois pra mim, desfrutar da sua companhia e espirituosidade é sempre muito agradável.
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
  2. Jan, seu excelente texto me faz pensar que pessoas e situações somente água com açúcar acaba sendo enjoativo, não nos estimula a crescer, a melhorar, a aprender.
    Podemos sim interagir deliciosamente! Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Tu és demais. Te expressas maravilhosamente. Lindo texto! beijos,tudo de bom! chica

    ResponderExcluir
  4. Oi Jan,
    Gostei da crônica!
    Acho que o visitante que faz parte da limonada docinha, gelada e refrescante,
    é sempre bem vindo.
    O outro tipo nos cansa fácil...
    Bjs!

    ResponderExcluir


Gostou ?????